Mead #1 - aka: sparkling mead

on 23 de setembro de 2012

Comprei mel e comecei na empreitada de fazer hidromel.  Esse é o meu primeiro hidromel e era pra ter sido um sparkling mead.  Depois de terminado eu fui entender que é também difícil de se conseguir carbonatação alta com carbonatação forçada, uma vez que o hidromel faz bastante espumba também (que dissipa lentamente, mas mais rápido que cerveja)

Mead#1 - aka: sparkling mead
American Amber Ale
Type: Extract Date: 23-Sep-12
Batch Size (fermenter): 18.00 l Brewer: Philip Zanello
Boil Size: 30.88 l Asst Brewer:
Boil Time: 60 min Equipment: Equipamento da Brix
End of Boil Volume 22.88 l Brewhouse Efficiency: 72.00 %
Final Bottling Volume: 14.70 l Est Mash Efficiency 0.0 %
Fermentation: Ale, Two Stage Taste Rating(out of 50): -
Taste Notes:
Ingredients
Ingredients
Amt Name Type # %/IBU
5.00 kg Honey (2.0 EBC) Sugar 1 100.0 %
Beer Profile
Est Original Gravity: 1.080 SG Measured Original Gravity: 1.061 SG
Est Final Gravity: 0.982 SG Measured Final Gravity: 1.010 SG
Estimated Alcohol by Vol: 13.0 % Actual Alcohol by Vol: 6.7 %
Bitterness: 0.0 IBUs Calories: 572.6 kcal/l
Est Color: 4.6 EBC
Mash Profile





Carbonation and Storage
Carbonation Type: Keg




Notes
Mel silvestre lambertucci que estava cristalizado + 5L de água fervendo. Misturei e joguei em 9L de água fria.

temp. pitch: 27ºC
pH: 5,1
OG: 15,4
Volume final: ~18L (era pra ser 15L, mas calculei errado a água)

nutrientes:

5,0g de fermaid K
4,0g de yeast energizer

13/10: transferido para o post-mix, FG: 1.008. Provado e interessante. Bem parecido com o vinho branco, meio seco e com bastante características de vinho. Um pouco ácido ainda, mas pode melhorar. Bem turvo.

15-fev: engarrafado: 18 garrafas: ABV: 7,4%, ADF: 87%. Percepção de ser meio doce no final, não tão seca quanto os 1.008 sugerem.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...